Consolidada no mercado, feira de arte ArPa chega a sua terceira edição com curadores renomados

0
48

vento volta acontecer no Complexo Pacaembu entre 5 e 9 de junho e contará com curadoria de nomes como Ana Carolina Ralston, Germano Dushá, José Esparza Chong Cuy e Raphael Fonseca.

Após dois anos de realização bem-sucedida e reconhecida pelo mercado, a feira de arte ArPa chega a sua terceira edição em 2024 e acontecerá entre 5 e 9 de junho no Complexo Pacaembu. O evento contará com uma renomada equipe de curadores, que possuem bastante experiência no campo artístico. Assim como nos anos anteriores, cada curador assumirá um setor.

O setor Satélite, dedicado à produção audiovisual e aberto gratuitamente ao público, contará com a curadoria de Raphael Fonseca, um dos poucos brasileiros a figurar na prestigiosa lista Power 100, da ArtReview, que elenca os 100 principais nomes do universo da arte contemporânea mundial neste ano. Além de ser curador de arte latino-americana moderna e contemporânea no Denver Art Museum, nos Estados Unidos, Fonseca também será um dos curadores da Bienal do Mercosul, que acontecerá neste ano em Porto Alegre.

Germano Dushá será o curador do Setor UNI, dedicado a estandes solo de artistas promissores da cena contemporânea, que, nesta edição receberá uma abordagem multifacetada. Dushá será um dos curadores do Panorama da Arte Brasileira no MAM São Paulo neste ano. Atualmente, Germano coordena a organização Fora, focada em práticas artísticas contemporâneas.

A Sala de Conversas, em que uma série de convidados debatem temas relativos à arte contemporânea, ficará sob a responsabilidade de Ana Carolina Ralston, jornalista cultural, pesquisadora e curadora de arte independente. Ana tem experiência na organização e realização e projetos para galerias e instituições, entre elas Pavilhão da Bienal, MIS-SP, Centro Cultural Correios, MuBA, Praça das Artes e Biblioteca Mário de Andrade. Atualmente, dedica-se à pesquisa sobre arte natureza e a relação entre o universo ambiental, feminino e tecnológico.

Já o mexicano José Esparza Chong Cuy, que também foi curador da feira em edições passadas, ficará responsável pelo setor Arte em Campo, um setor especial que leva esculturas e instalações às áreas comuns do Complexo do Pacaembu e poderá ser visitado por todas as pessoas, gratuitamente. José é Diretor Executivo e Curador Chefe da Storefront for Art and Architecture em Nova York e foi curador do Museum of Contemporary Art Chicago: MCA, organizando nos Estados Unidos exposições importantes de artistas brasileiros como Jonathas de Andrade e Marcelo Cidade.

Sobre a ArPa

A ArPa é uma feira de arte focada em expandir a comunidade da arte contemporânea nacional e internacional. A Feira reúne diferentes abordagens e perspectivas em busca de um olhar descentralizado a fim de fomentar intercâmbios comerciais e criativos. Acontece anualmente no Complexo do Pacaembu, organizada em quatro setores expositivos: Principal, UNI, Satélite e Arte em Campo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui